icon-emailicon-facebookicon-instagramicon-nexticon-playicon-previcon-twitter
Fetrafi-MG CUT Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro

NOTÍCIAS

04/04/2019
SINDICATO BARRA TRABALHO NOTURNO ILEGAL NO SANTANDER DE UBERABA

Atendendo uma iniciativa da regional do banco, as agências do Santander em Uberaba iniciaram uma campanha para buscar novos correntistas numa universidade local. Para o trabalho junto ao público alvo, em horário noturno, as agências convocaram bancários das agência locais com o reforço de uma empresa terceirizada. Os bancários foram foram para o trabalho sem o registro legal das horas trabalhadas além do expediente e também sem o pagamento devido aos trabalhadores.
A diretoria do Sindicato tomou conhecimento da ilegalidade e junto com seu departamento jurídico acionou o Ministério do Trabalho. A denúncia protocolada no órgão ministerial foi enviado para os responsáveis de cada agência do banco. O documento mostra que a postura do Santander fere os artigos 59 e seguintes da CLT, que prevê limites e condições para a realização de horas extras.
Após a ação do Sindicato, o banco suspendeu a convocação dos funcionários e deu continuidade na campanha somente com a empresa terceirizada. Segundo o diretor do Sindicato, Gilmar de Almeida, é ilegal o trabalho extra noturno sem a remuneração devida e causa vários problemas aos bancários, tais como: transtornos familiares, favorecimento do adoecimento no trabalho e estresse.
“O banco pode contratar bancários exclusivos para a campanha – o que seria um ganho social importante para a sociedade com a grande lucratividade que obtém ano após ano – ou ainda seguir o acordo coletivo e as regras das relações de trabalho. No entanto, sua postura mostra a intenção do banco de lucrar ainda mais lucrar ainda mais
fazendo uso da sub contratação de terceirizados”, analisa o diretor Gilmar Almeida.

TAGS: #SANTANDER