icon-emailicon-facebookicon-instagramicon-nexticon-playicon-previcon-twitter
Fetrafi-MG CUT Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro

NOTÍCIAS

16/06/2020
BANCÁRIOS DENUNCIAM MEDIDAS ADOTADAS PELO BANCO SANTANDER

Sindicatos de bancários todo o Brasil fazem nesta terça (16) manifestações nas redes sociais e na forma presencial para denunciar as arbitrariedades do banco Santander. Entre as ações está sendo feito um tuitaço com a hashtag #SantanderRespeiteOBrasil.

Os sindicatos estão querendo mostrar á população que, mesmo durante a pandemia, os bancários estão sujeitos ao cumprimento de metas abusivas, que aumentam a cada dia. E quem não as cumpre é demitido. As atitudes do banco contariam o compromisso que a instituição fez com os sindicatos de não demissão durante a pandemia e que a cobrança de metas seria amenizada neste período.

Uma forma de mascarar essa situação são as campanhas publicitárias que o banco montou para mascarar a imposição de metas durante a pandemia. Craques foram convidados a “entrar em campo para vender 10 produtos até o dia 10 de junho”. Montou uma trilha sonora digna de grandes competições e nomeou a campanha de ‘#EuSou10’.
metas abusivas durante a pandemia, criando ambiente de disputa e medo de demissão.

Segundo o Secretário Geral eleito da Afubesp, Mário Raia, o banco não parou por aí. “Criaram a ferramenta ‘Motor de Vendas’ e o desafio passou a ser de 10 produtos em um dia,” falou com indignação a dirigente sindical, lembrando que o banco está criando um ambiente de disputa e medo de demissão.

Além da imposição de metas, o banco demitiu sem justa causa na mesma época pelo menos 15 trabalhadores em São Paulo. E também houve a divulgação feita pelo jornal Folha de S. Paulo, de que a instituição financeira poderia cortar 20% do quadro de funcionários, agravando o desemprego.

Fonte: ContrafCUT e Afubesp

TAGS: #SANTANDER